Profilaxia Preventiva

A profilaxia acontece nas visitas periódicas ao cirurgião dentista e deve ser realizada semestralmente (6 em 6 meses) ou trimestralmente (3 em 3 meses) dependendo da recomendação do profissional de acordo com cada caso.

Nessa profilaxia, acontece uma boa raspagem das arcadas dentárias, onde removemos o cálculo (ou tártaro) que é o biofilme dental que, quando não removido, se calcifica na superfície dentaria se tornando duro e de difícil remoção em casa. Também deve ser utilizado o aparelho ULTRASSOM, que auxilia na remoção dos cálculos mais endurecidos.

Outro componente importante da profilaxia é o jato de bicarbonato de sódio, uma substancia alcalina (de pH alto) indicado para neutralizar substancias ácidas. É ótimo para reduzir acidez bucal no caso de pessoas com refluxo, reduzir a sensibilidade dos dentes, melhorar a halitose, reduzir inflamações, entre outros benefícios.

É feito uso do fio dental e de pedra pomes (uma substância abrasiva indicada na limpeza e polimento do esmalte dentário) misturada em água, para realizar a higiene final com um aparelho rotatório.

Por fim, lançamos mão do uso do flúor tópico (substância diferente dos enxaguatórios caseiros) e que mantem a harmonia da flora bucal, protegendo os dentes contra a doença da cárie.